sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Viva a Reinheitsgebot !

A Reinheitsgebot, pra quem não sabe, foi uma lei promulgada pelo duque Guilherme IV em 1516, versando sobre a pureza da cerveja alemã. Ela diz que o "suco de cevada" deve ser produzido com apenas três ingredientes: água, malte de cevada e lúpulo. Como o povo já trocava as pernas nessa época, com certeza havia fermentação no processo de fabricação, porque é dela que se obtém o álcool, mas a ciência de então ainda não tinha descoberto que eram as leveduras que faziam a mágica. Não fez a menor diferença pra eles !

Uma grande vantagem de seguir essa lei é que não são adicionados conservantes, antioxidantes ou quaisquer produtos químicos à bebida. Segundo alguns alquimistas da cerveja são esses elementos artificiais que causam a famosa ressaca e nada pior do que acordar com gosto de cabo de guarda-chuva na boca !

Ontem eu comprovei essa teoria e bebi 1,5 litros da dourada Paulaner Hefe-Weissbier, uma Lager turva e encorpada com aroma frutado, traços de cravo, amargor suave e uma espuma cremosa sensacional. Completei a farra bohêmia com duas "long-necks" da tradicional Beck's, uma germânica bem popular. Paguei preços honestos, por exemplo, a Paulaner (500ml) custou R$13,80. Vale a pena gastar mais um pouco e beber um produto de qualidade !

Acordei ótimo, depois de ter dormido que nem uma pedra ! Comi todas aquelas coisas que fazem bem: fibras, linhaça, mamão, leite fermentado com lactobacilos vivos, iogurte e com o fígado em processo de recuperação semi-concluído, vim labutar.

Hoje é sexta-feira, segundo os mais experientes aqui do trabalho, "o dia internacional da chinelada". Eu sempre fico torcendo pra eles não estarem se referindo a esposas violentas; se bem que de leve um tapinha não dói !

Um brinde à Ninkasi, a deusa da cerveja !!!


Saudações fraternais,

Fabio Machado.

2 comentários:

Raquel Oliveira disse...

ESSE É O CAMINHO!!!

Seu melhor post!

Beijos.

Alexandre disse...

Caraca, vc toma Yakult até hoje!!!