domingo, 2 de novembro de 2008

Comemorando bodas de hidrogênio

Hoje faz seis dias que o meu blog foi inaugurado e há motivos para comemorar ! Lembrem-se que o universo é meu e aqui eu crio as leis. Hoje celebro bodas de hidrogênio !
A receptividade foi inimaginável e felizmente muito boa. Era impossível prever que pessoas desconhecidas iriam ler minhas palavras despretenciosas e mais ainda, se identificariam com elas.
Claro que não é só de glórias que vive o soldado e nesse pouco tempo de vida meu diário já criou polêmica e suscitou críticas. Já me disseram que os textos são muito rebuscados, longos e às vezes incompreensíveis.

Quem me conhece sabe que eu não sou uma pessoa de leitura fácil. Sou um viajante que busca a simplicidade a partir da complexidade e, portanto, se fosse simples interpretar minhas frases elas não seriam tão verdadeiras. Isso é inquestionável !
Além disso, esse lance de linguagem acessível é coisa pra político populista e como isso aqui não é ferramenta de marketing viral, eu entendo que o meu compromisso é antes de tudo comigo mesmo. Se não for assim não é autêntico !
Na minha opinião não existem palavras fáceis ou difíceis, apenas conhecidas e desconhecidas e cabe ao leitor definir o seu grau de interesse pelos assuntos e buscar suas próprias respostas. Quem quiser pode me perguntar, como alguns já fizeram.
Ademais, o tamanho do meu universo mental é infinito e resumir meus pensamentos como tenho feito é uma tarefa árdua. Prefiro acreditar que as pessoas estão sem tempo de ler do que imaginar que elas se afastaram tanto da leitura que só sobrou paciência para absorver mensagens mais "mastigadas" e prosaicas como as veiculadas em alguns programas de televisão. Nada contra, mas apesar da TV não "emburrecer", ela entorpece, pois na maioria dos casos não querem que pensemos !

Ficaria muito feliz se minhas reflexões contestáveis fossem contestadas, porque ao serem, estariam provocando a reflexão dos contestadores, ou seja, algum tipo de busca.
Como eu já disse, aqui estou sempre falando de mim e das minhas percepções e opiniões. Os comentários dos leitores são o único contato entre os meus registros virtuais e o mundo real.

Hoje eu descobri que um amigo, alguém que eu considero inteligente, não interpretou como eu queria um trecho de um post e era uma passagem importante. Como eu entendo que a responsabilidade maior sobre uma comunicação é do transmissor, sinto-me obrigado a esclarecer o mal entendido.

EU NÃO ESTOU PEDINDO SOCORRO ATRAVÉS DO BLOG. Num dado texto, o que eu quis dizer foi que preciso de desfecho, mas que muitas vezes me reprimo e acabo não o exigindo por inúmeras razões. Se nessas situações alguém perceber minha necessidade e puder me ajudar, ajude ! Só isso...

Pra finalizar, quero dizer que um grande amigo meu disse que também vai criar um diário como esse, mas ele estranhamente os chama de "Belogs". Eu acho isso ótimo, mas eu espero que esse nome não seja uma homenagem íntima e homossexual a um sujeito chamado Bernardão, por um único motivo: esse meu amigo é casado e seria falta de respeito com a esposa dele. E tenho dito !

Aguardem o post de amanhã. Ele será muito interessante.


Saudações fraternais,

Fabio Machado.

8 comentários:

Alexandre disse...

Caraca.... Várias indiretas neste...

alinemrj disse...

indiretas.. diretíssimas!!!!

KK disse...

Eu não sei quem é esse seu amigo, mas então somos dois ! Lê-se "b-log" e não "blog".

Eveline Emile disse...

Que bom ter mais espaço espaço pra estar em contato com vc - que tanto gosto!
saudades
bjinho, Eveline

Eveline Emile (de novo) disse...

"mais espaço espaço" ficou curioso :-)

Raquel Oliveira disse...

Oi Fabio, sou amiga do Dudu e ele me mandou seu link.

Entra no meu tb, de repente vc gosta: www.raquelcomblog.blogspot.com

Raquel Oliveira disse...

Obrigada, Fabio!

Clique em seguidor no menu à esquerda e receba as últimas postagens!

Se quiser trocar idéias sobre blog, estou à disposição!

raquel@raqueloliveira.com

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom