segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Momento Poesia: O Sentido da Vida

Título: O Sentido da Vida
Autor: Fabio Machado

Cada segundo impiedoso e implacável
Acelerando meu coração até o limite
Despindo-me de qualquer razão aparente
Meros centímetros parecem anos-luz

O universo atinge o ponto de mutação
Que nos une através de nossas almas
Nada mais existe, a vida é uma ilusão
Só o amor resiste em meio à escuridão

Os átomos viajam sem rumo ou destino
Impulsionados pela energia da paixão
Conduzem meus sentidos ao extremo
Elevam meu espírito até o ser supremo

Tudo fez sentido, o mistério acabou
Não vejo, não ouço, não penso
O tempo finalmente parou de correr
Não sou mais eu, sou eu e você


Saudações fraternais,

Fabio Machado.

Um comentário:

Alexandre disse...

Sacanagem, já ví que foi a maior farra no domingo e vc nem chamou...