quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

O que é poesia ?

É inspiração alforriada,
De letra lida ou cantada
Choro da alma partida
Verso de pena corrida

É loucura remodelada
De voz doce ou salgada
Cheiro de chuva caída
Dom buscando a saída

É saudade fantasiada
Em estrofes (des)arrumadas
Sonho de pé ou dormido
Gente vibrando escondido

É história de amores 
Cor, cheiro e sabores
Rima rara ou parelha
Sorriso largo ao lê-la
 
 

8 comentários:

Fernand's disse...

poesia é o direito puro e libertário à palavra. poesia é colocar para fora um não-dizer de dentro.



amei o post... o meu teve respostas lindíssimas, combustíveis para a alma e sorrisos.


seja sempre bem vindo ao benditas.
gde bj meu

Raquel Med Andrade disse...

Acho que essa foi sua obra-prima, Fabio. Parabéns :-)!
Beijos

Sentilavras disse...

Uau, vc conseguiu. Há um sorriso largo aqui deste lado, além, é claro, do coração emocionado. Linda poesia definindo o que é poesia!

Obrigada pela visita no Proibido Ler. Volte sempre. ;)

P. disse...

Que lindeza, meu Deus!
Sou de verso, prosa e poesia. Poderia nao amar o que li?

Bem, cheguei por aqui depois que li um comentario seu no meu blog, em novembro do ano passado.
Nao lembro se tinha vindo antes e ja me repreendo se vim e nao mais voltei.
Agora, pra nao te perder, salvei nos favoritos.

=)

Um beijo e obrigada pelas palavras deixadas la no meu cantinho!

Fabio Machado disse...

Fernand's,
Como eu já te disse, vc foi minha inspiração !

Quel,
Chamar só de obra já seria um elogio desmedido. Obrigado !

Sentilavras,
Você é navalha na carne, palavra viva, carne viva ! Adorei seu blog e voltarei com certeza !
Obrigado pelos elogios, me senti um artista... rs

P,
Leio seu blog vez por outra, mas sendo totalmente sincero, não lembro mais do meu comentário... :-(
Obrigado pelo carinho !

Aleatoriamente disse...

Isso é que é saber falar de poesia.
Gostei.
O Soerguer de uma flor é poesia.

Um abraço.

Fernanda

Fabio Machado disse...

Concordo, Fernanda
Flores são as cores do amor; poesia, a inspiração do trovador.

Obrigado pelas palavras !

P. disse...

Vim a procura de novos escritos. Vim, também, para perguntar onde pego minha carteirinha do CIEP.. rs

Beijo!